Meu Plano
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Cancelar! Concluir Agora!

Asfalto desaba após fortes chuvas e interdita rua em Fortaleza

Os escombros atingiram e deixaram os moradores sem água nesta manhã; o abastecimento na região já foi normalizado.

Asfalto desaba após fortes chuvas e interdita rua em Fortaleza

Um trecho da Rua Equador, em Fortaleza, desabou e interditou a via nesta quarta-feira (22) com as fortes chuvas ocorreram desde a noite de terça-feira (21).

De acordo com moradores, um buraco já estava aberto no trecho da rua para obras de drenagem da Prefeitura de Fortaleza, que iniciaram no dia 25 de abril e até então não foram concluídas.
No entanto, a maior parte da pista cedeu na madrugada, deixando os populares à beira de "uma lagoa". Além disso, tubulações da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) foram atingidas pelos escombros, interrompendo o abastecimento de água na região.

A Cagece informou que as tubulações da empresa foram danificadas devido à uma obra na galeria de drenagem, realizada pelo município, mas já foram recuperadas e abastecimento de água normalizado.


O comerciante Lázaro Siebra, que mora na região, disse que a situação do asfalto da Rua Equador piorou com o aumento de fluxo de veículos na região depois da obra para implantar a estação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no Bairro Montese.
"Já estou aqui há dois anos e sete meses e, infelizmente, devido à obra do VLT, culminou nessa situação da Rua Equador que começou a afundar", explica.

A moradora Vânia Maria diz não aguentar mais os transtornos provocados pela obra da Prefeitura, que já se arrasta há quase um mês sem conclusão. "Já perdi a calçada e a gente fica apreensivo. Queremos que façam alguma coisa bem rápido, pois é bem arriscado para a gente. A gente ficou sem água porque o asfalto caiu em cima dos canos da Cagece", afirma.

Novo prazo
 
O coordenador de obras da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), Guilherme Gouveia, informou que a obra de drenagem da Prefeitura precisou ser feita por conta do aumento de fluxo de veículos na região após a implantação da estação Montese do VLT.
"A Prefeitura identificou alguns problemas pontuais na laje da galeria de drenagem existente e, ao longo desses anos, pontualmente, fez essas recuperações. Na última visita técnica que ocorreu em março deste ano, a gente verificou que não valeria mais a pena fazer esse tipo de correção e deveria ser feita uma nova galeria", afirmou.

Além disso, Gouveia disse que as obras ainda não foram concluídas por conta da quadra chuvosa e, com o fim do período, será iniciado a demolição para construir uma nova galeria no local.

"Essas duas chuvas que ocorreram evidenciaram esse problema pontual, mas será corrigido. Estamos acelerando o processo para a conclusão da nova galeria, entregar em definitivo e aquele trecho não sofrer nenhum problema".
Um novo prazo de 90 dias para a conclusão dos trabalhos foi estabelecido pelo coordenador da Seinf.

Fonte: G1.

Olá, deixe seu comentário para Asfalto desaba após fortes chuvas e interdita rua em Fortaleza

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

Quer receber entrar em nossa lista ?

informe o seu nome e o seu email para receber as nossas novidades em seu email.